No Museu Municipal Padre Rafael Rodrigues

O Museu Municipal Padre Rafael Rodrigues tem patente, até ao dia 29 de fevereiro, uma exposição de Maria das Dores Fontes Machado, de Telões, com o título “artes do fundo do rio e do baú”. Trata-se de um acervo pessoal, com objetos variados, do final do século XIX e início do século XX, que a proprietária herdou e foi colecionando ao longo de décadas.

As rendas, em exposição, são o exemplo de artes que estavam no fundo do baú, artigos do final do século XIX executados pelas tias-avós de Maria das Dores. “Remexendo o baú da casa onde nasci, construí em 1711, e que sempre pertenceu à família, fiz uma escolha de alguns valores culturais e artísticos de uma época. Aproveitando as rendas, gastas pelo uso, elaborei estas composições em homenagem às minhas tias-avós. De facto, nos últimos anos do século XIX, numa época em que a vida não era uma corrida contra o tempo, as minhas tias teceram com as suas mãos o que agora aqui se vê. Mais do que preservar um artefacto, trata-se de valorizar a memória e em jeito de gratidão deixá-la como legado às gerações futuras. Já os bordados e pintura são do início do século XX”, como pode ler-se na brochura da exposição.

(…)

Notícia completa na edição nº 75, nas bancas

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here