Foi criada recentemente, em Vila Pouca de Aguiar, uma associação de defesa e proteção dos animais. Chama-se ANIPUR – Associação de defesa dos animais e do ambiente de Terras de Aguiar, e é presidida por Maite Monteiro. A coletividade, que ainda não tem espaço próprio, compromete-se a ajudar animais em risco, feridos ou sem acolhimento, para lhe dar um novo lar e uma vida digna.

Há pouco tempo, a associação tornou público um caso que sensibilizou a comunidade aguiarense. Um cão, aparentemente sem dono, foi brutalmente baleado, tendo ficado com o corpo cravado de chumbo. Além de bastante debilitado e magro, o animal estava cego e desnorteado. “Encontramos o Chocolate (o nome do cão) na zona da Brangada, perto do Quartel de Bombeiros, no início do mês. Rapidamente o recolhemos e levamos para o hospital veterinário da universidade de Vila Real (UTAD). Aí ficou internado, a recuperar vários dias, até ter alta”, informou Maite Monteiro.

Para suportar os cuidados médicos e o internamento, a associação contou com a ajuda de várias pessoas, que aceitaram contribuir monetariamente depois de um apelo feito através do Facebook. Para o efeito foi aberta uma conta na Caixa de Crédito Agrícola, entidade que também se mostrou disponível a ajudar.

(…)

Reportagem completa na versão impressão.

Edição nº 158

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here