O carnaval à portuguesa voltou a sair à rua, como manda a tradição, com desfiles para todos os gostos. Primeiro foi a vez das crianças e jovens do concelho, que em Vila Pouca de Aguiar, na sexta-feira de manhã, e em Pedras Salgadas, no mesmo dia à tarde, encheram de vida e cor as principais ruas destas vilas.

Mas o ponto alto do carnaval estava reservado para domingo, dia 26 de fevereiro, em Pedras Salgadas, na Avenida Lopes de Oliveira, a partir das 15 horas. O corso saiu à rua com alguns minutos de atrasos, para desespero dos (possivelmente) milhares de pessoas que, nos passeios da avenida, aguardavam a saída dos carros alegóricos. Como era carnaval, obviamente que ninguém levou a mal e a espera foi compensada com um desfile bem organizado e bastante participativo, resultado do empenho da organização, a cargo da associação Aguavelames, mas também de outras coletividades que, ano após ano, têm marcado presença no entrudo da Vila Termal. É o caso da Associação de Rebordochão, muito bem coreografada, do Centro Cultural de Bornes de Aguiar, com um desfile dedicado às crianças, do Grupo de Bombos de Vila Meã, da Universidade Sénior das Terras de Aguiar (USTAG) e do Lar das Romanas. O Lar Nossa Senhora de Lurdes, de Pedras Salgadas, também marcou presença no carnaval, mas no desfile das escolas.

De entre todos os grupos, destacou-se a Associação de Rebordochão. Este ano com um tributo a Michael Jackson, que ao todo envolveu cerca de 60 pessoas, o grupo dançou e animou a assistência, com música e coreografia muito bem ensaiadas. Nos restantes carros alegóricos não faltou a habitual sátira, este ano com a presença de Donald Trump e a respetiva primeira-dama, aproveitando para satirizar a presidência americana. Não faltaram também referências à Vila Termal, este ano colocando o enfoque nas Águas do Cardal, que, segundo os cartazes, “podem ser a salvação do turismo termal” no concelho. Outros havia, mais céticos, que acreditavam que a futura estância do Cardal possa abrir a “1 de abril de dois mil e picos”.

Brincadeiras à parte, o Carnaval em Vila Pouca de Aguiar é cada vez em Pedras Salgadas.

(…)

Edição nº 126

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here