O 25 de Abril de 1974, data histórica que marca o início da democracia em Portugal, foi assinalado, em Vila Pouca de Aguiar, no passado sábado, com uma parada na Praça Luís de Camões, na qual marcaram presença a Banda do Pontido, Escuteiros, Corporação de Bombeiros, Proteção Civil, GNR, o Regimento de Infantaria nº 19 de Chaves, executivo autárquico e assembleia municipal, entre outras forças vivas da região.

O hastear da bandeira nacional, ao início da manhã, marcou as comemorações que prosseguiram no Cineteatro, com a entrega de prémios do concurso literário promovido pela autarquia e o agrupamento de escolas, alusivo ao tema da revolução. A Banda do Pontido realizou, em seguida, um pequeno concerto, com músicas que marcaram esta época revolucionária.

Por último, a comitiva, encabeçada pelo presidente da autarquia, Alberto Machado, visitou a exposição evocativa da 1ª Grande Guerra, na Biblioteca Municipal, realizada em parceria com o RI 19. Para o autarca, o valores de Abril são lembrados hoje, como há 41 anos. “É importante preservarmos os princípios de Abril, com homenagens simples mas simbólicas. O 25 de Abril é mesmo isso. A Simplicidade, tolerância e harmonia entre as forças vivas. Já chega de grandes jantaradas com discursos inflamados. Esses actos não têm qualquer interesse e não é esse o propósito desta data”, declarou.

(…)

Notícia na edição nº 34, nas bancas

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here