Cozinha regional serviu de lançamento ao “Sabores de Chaves”

205

Foi numa das 19 cozinhas tradicionais licenciadas do concelho de Chaves que o Município apresentou ontem a próxima edição do “Sabores de Chaves”, uma mostra dos produtos locais que este ano decorre no primeiro fim-se-semana de fevereiro, nos dias 1, 2 e 3.

O Notícias de Vila Real conheceu “Delícias Transmontanas”, na freguesia de Curalha, uma empresa que surge do sonho de uma jovem empreendedora, Vera Pinto, de 35 anos, formada em psicologia, que, estando desempregada, se aventurou na produção de fumeiro tradicional e viu nesta área de negócio uma oportunidade. Os produtos são feitos com a ajuda da mãe, conhecedora da sabedoria dos seus antepassados, e que agora está a transmitir a sua experiência à filha.

“Em Chaves não era fácil encontrar emprego. surgiu a oportunidade de criar uma cozinha tradicional. A minha mãe já estava à vontade na produção de fumeiro e decidimos arriscar. para já, está a correr bem”, considerou.

A produção está a terminar, neste ano, numa cozinha com uma oferta variada de produtos. “Fazemos todo o tipo de fumeiro. Alheira, linguiça, sangueira, moura, butelo, salpicão, presunto… é tudo feito à mão e de forma tradicional. Tudo que fizemos, até hoje, conseguimos vender”, referiu Vera Pinto.

Nesta cozinha, a secagem do fumeiro está a ser feita da forma menos prejudicial à saúde. “Optamos por uma forma de secagem mais à base do calor, com menos fumo, que é uma mais-valia, por não ser tão prejudicial. Utilizamos o carvalho para a secagem do fumeiro. Depois, como temos brasas feitas, juntamos o carvão vegetal”, explicou a responsável.

“Sabores de Chaves” com 51 expositores de venda de produtos regionais

Num ambiente acolhedor e tradicional, junto aos lareiros e aos variados produtos que a jovem licenciada está já a preparar para apresentar na 14º edição do “Sabores de Chaves”. O NVR teve a oportundidade de confirmar a tradição na confeção dos produtos gastronómicos.

Para o Presidente da Câmara de Chaves, Nuno Vaz “esta jovem empreendedora é um bom exemplo, que pode ser seguido por muitos outros jovens, que poderão encontrar nos nossos produtos locais uma oportunidade”. O evento “Sabores de Chaves” é, para o autarca flaviense, “uma montra dos nossos produtos gastronómicos, mas também dos nossos saberes e do nosso território”, com o objetivo de proporcionar novas experiências, não só gastronómicas, mas também de animação.  

“Sabores de Chaves” conta este ano com a participação de 51 expositores de venda de produtos alimentares, enchidos e artesanato, distribuídos por 68 stands, além de diversos momentos de demonstrações culinárias elaboradas pelo conceituado chefe Cordeiro. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here