O concelho de Vila Pouca de Aguiar foi fustigado por uma enorme vaga de incêndios, no ano de 2003, que para além dos prejuízos causados (perda de habitações, desaparecimento de mancha florestal, destruição de bens materiais, etc.), levou à evacuação da população de aldeias das freguesias de Pensalvos e Parada de Monteiros.

Agora, o núcleo da Cruz Vermelha de Vila Pouca de Aguiar, em colaboração com a Proteção Civil Municipal, está a preparar um plano para acolher as populações em caso de necessidade de evacuar aldeias, que visa a criação de condições para ajudar estas pessoas, fornecendo, por exemplo, alimentação ou colchões.

De acordo com João Fontes, da Proteção Civil, vão ser adquiridos “kits” com bens essenciais, como comida, colchões insufláveis, cobertores, edredons, etc., que serão instalados e distribuídos, por exemplo, no Pavilhão Desportivo de Pedras Salgadas. A autarquia irá assegurar transporte das pessoas em caso de necessidade.

Álvaro Ribeiro espera que esta iniciativa se estenda aos outros 13 concelhos do distrito.

 

 

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here