Estradas nacionais sem manutenção em Vila Pouca de Aguiar

214

Compete à empresa pública portuguesa a manutenção das Estradas Nacionais, mas os Serviços Municipais de Proteção Civil apontam várias situações de desmazelo no concelho.

A Câmara Municipal comunicou à empresa Infraestruturas de Portugal várias «situações que carecem intervenção» nas estradas nacionais que atravessam o concelho de Vila Pouca de Aguiar. O executivo quer ver garantida «a segurança das pessoas e seus bens» com a resolução breve das situações sinalizadas pela Proteção Civil Municipal.

Na comunicação à empresa pública são denunciadas várias situações que colocam em risco a circulação automóvel, pelo que, chama-se à atenção que sejam «tomadas medidas urgentes para solucionar as situações identificadas».

As Estradas Nacionais n.os 2, 206 e 212 apresentam locais da faixa de rodagem em que o respetivo piso se encontra em muito mau estado, colocando em risco por vezes a circulação automóvel, especialmente em condições meteorológicas adversas, e são ainda referidas situações em que povoamentos florestais de salgueiros e pinheiros invadem as vias de comunicação das EN2 e EN212, respetivamente.

Os Serviços Municipais de Proteção Civil têm procurado dar resposta a várias ocorrências, mas as sucessivas reclamações de condutores de pesados de mercadorias e de viaturas ligeiras, em especial com a acumulação de gelo e consequente queda de ramos de grande porte nas faixas de rodagem, terá de levar a empresa portuguesa a resolver as situações de desobstrução e manutenção destas vias de comunicação nacionais para não perigar os utentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here