A abertura do V Festival do Ouro Romano teve início com a inauguração do Centro Interpretativo, espaço onde foi criado um percurso expositivo que aborda a romanização, a mineralização e a biodiversidade presente em todo o território que abrange o Complexo Mineiro Romano de Tresminas.

António Leitão Amaro, Secretário de Estado da Administração Local, representou o Estado na cerimónia de inauguração (na qual foi descerrada uma placa alusiva ao ato, na presença do autarca, Alberto Machado, e do pároco da freguesia, Iolando Pereira), mas também na sessão solene, que contou com uma centena de pessoas, entre autarcas do Alto Tâmega, deputados da Assembleia da República, membros da Assembleia Municipal, presidentes de Junta de Freguesia, autoridades civis e militares, entre outros.

O Presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado, começou por agradecer a todas as pessoas que possibilitaram a realização daquele investimento (que contou com o apoio não só do Estado e de fundos comunitários, como também da Iberdrola, empresa promotora das barragens do Alto Tâmega, como medida de compensação pelo património soterrado e submergido no Alvão).

O autarca explicou que o espaço que agora é inaugurado – Centro Interpretativo, com percurso expositivo, anfiteatro e auditório exterior, que se concentram à volta da Igreja Românica e na antiga casa paroquial – teve um conjunto importante de intervenções nos últimos três anos, mas foi pensado para um período de dez, com um investimento total de 2 milhões de euros, “o que significa que ainda há muito para concretizar”. “É fundamental preservarmos este património, mas mais importante do que isso é preservar, potenciando o território e dinamizando a socio-economia local. A partir do momento que construímos um espaço, desenvolvemos um conjunto de estratégias e de mais-valias para a comunidade. Exemplo disso são os produtos que temos expostos, para venda, no polo 1 do Centro Interpretativo, produzidos por um atelier da associação AOURO”, disse.

(…)
Notícia completa na edição nº 45, nas bancas

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here