Estamos numa época em que não é habitual a existência de fogos florestais. O facto é que as altas temperaturas que se verificam há vários dias, atípicas para o mês de março, fazem com que os incêndios regressem mais cedo, este ano, fustigando as matas e florestas do concelho.

Até ao momento, verificaram-se cerca de 15 fogos florestais no concelho (registados pela Autoridade Nacional de Proteção Civil), a maioria deles na zona de Telões, mas o número de ocorrências pode ser maior.

(…)

Notícia na íntegra na edição nº 28, nas bancas

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here