Mostra Gastronómica trouxe os paladares de outono

53

O nosso fado na terra é a gastronomia; e que outra força tão repleta de sentido envolve os acontecimentos da comunidade transmontana que de boca-a-boca vai transmitindo memórias com paladar.

A Mostra Gastronómica decorreu em três dias, com momentos de encontro à mesa ao jantar, sexta-feira e sábado, e aos almoços, sábado e domingo. E nestes dois dias, o Mercado Municipal recebeu a Feira dos Produtos de Outono.

De volta ao paladar, os míscaros salteados em tacho de pão, o cabrito assado com castanhas, o arroz de cogumelos, e nas sobremesas pudim, bolo ou pastel de nata de castanha são sabores que perduram até ao rigor do frio que traz consigo outros sabores…

Centenas de refeições servidas nos restaurantes aderentes e com direito a aula de culinária pelo chefe Duarte Eira no mercado; e aqui foram escoados produtos regionais com especial relevo para os cogumelos, as castanhas e os vizinhos do costume, mel e compotas; mas também petiscos pela associação da Gralheira, e novos sabores em modo crepes e pipocas…

E até a expressão tão transmontana “andas no fado” teve justificação plena a quem esteve na noite aguiarense que contou com a presença de Cuca Roseta. As múltiplas atividades socioculturais (a entronização com encontro de confrarias, o trilho da castanha, exposições, livros e oficinas, e outros eventos) culminaram com o magusto popular ao som das concertinas.

Promovida por Município e EHATB, a 17ª Mostra Gastronómica contou com 12 estabelecimentos de restauração com ementas temáticas e incluiu uma feira dos produtos do outono onde – surpresa – até vimos uma trufa, mas não adquirimos…a não ser em registo fotográfico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here