Perto de 100 pessoas já assinaram uma petição pública na Internet para que a “Ponte de Arame” entre Monteiros (Bragado, Vila Pouca de Aguiar) e Veral (Fiães do Tâmega, Boticas) possa continuar a unir as duas aldeias. A ponte irá desaparecer assim que o caudal do rio Tâmega se elevar por consequência da construção da barragem.

Os cidadãos signatários exigem, por este meio, “que a projetada relocalização da Ponte de Arame que une as aldeias de Monteiros e Veral seja feita num lugar, a acordar com os representantes do poder local, em que a ligação histórica e antropológica entre as duas populações se mantenha”.

(…)

Notícia completa na edição nº 52, nas bancas

3 COMENTÁRIOS

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here