O Município de Vila Pouca de Aguiar aprovou a criação de um grupo de trabalho para o processo de candidatura do Complexo Mineiro Romano de Tresminas e Jales a Património Mundial da Humanidade. A constituição deste grupo resultado da reunião de Câmara de 14 de maio.

O Grupo envolve a participação de entidades nacionais e internacionais, com um único objetivo: preparar o processo de candidatura do Complexo Mineiro Romano de Tresminas e Jales a Património Mundial da Humanidade, a ser reconhecido pela UNESCO.

Segundo o presidente da autarquia, “a importância histórica das minas a céu aberto merece ser internacionalmente reconhecida”. “Decidimos avançar com um processo que desejamos que culmine numa consistente candidatura do Complexo Mineiro Romano de Tresminas e Jales a Património da Humanidade. Acredito que o reconhecimento pela UNESCO do legado histórico de Tresminas e Jales será a maior projeção de Portugal, sobre o património mineiro mundial”, referiu.

(…)
Notícia completa na edição nº 39, nas bancas

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here