A chuva, queda de granizo e vento forte causaram alguns constrangimentos no concelho de Vila Pouca de Aguiar, na última noite. Segundo a Proteção Civil Municipal, da responsabilidade de João Fontes, as ocorrências mais frequentes foram a queda de ramos e de árvores, envolvendo fios elétricos, que motivaram cortes de estradas (na EN 2, EN 212 e EN 206), falhas de eletricidade em alguns locais e algumas cheias registadas um pouco por todo o concelho.

Em Pedras Salgadas (imagens) registou-se a queda de ramos de árvores nas margens do Rio Avelames, a elevação do caudal do mesmo curso de água, a queda de uma árvore junto à Capela do Tronco, entre outras ocorrências.

O presidente da Câmara de Vila Pouca de Aguiar, Alberto Machado, informou esta manhã que todas as ocorrências estão a ser devidamente acompanhadas, sendo que grande parte está solucionada.

Nas intervenções, que duraram toda a noite, estiveram envolvidos cerca de 15 homens e três meios terrestres (uma viatura da Proteção Civil Municipal, uma viatura todo-o-terreno da corporação local de bombeiros e uma máquina retro-escavadora), além da GNR.

Ainda devido às más condições meteorológicas ocorridas nesta madrugada, os postos de transmissores em Vila Pouca de Aguiar avariaram (Roxo e Nossa Senhora da Conceição). Nesse sentido, as reparações já se iniciaram, todavia algumas habitações ficarão sem televisão digital terrestre durante o fim de semana. A situação deverá estar normalizada na segunda-feira.

De referir que o Distrito de Vila Real está em Alerta Laranja, pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, devido ao mau tempo.

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here