O processo de candidatura do Complexo Mineiro Romano de Tresminas a Património da Humanidade pela Unesco deu um importante passo esta semana. Este polo de exploração do ouro na época Romana, que é um dos maiores e mais bem preservados da Península Ibérica, irá associar-se a outro complexo mineiro, já classificado, por forma a conseguir o reconhecimento internacional que lhe é devido. 

O complexo mineiro de “Las Médulas”, na cidade de Ponferrada, na província de León, Espanha, foi uma importante mina de ouro durante o império romano, que foi classificado como Património Mundial da Unesco em 1997.

A intenção da Câmara de Vila Pouca de Aguiar passa por agregar os complexos mineiros romanos de Tresminas, em Portugal, e as Médulas, em Espanha, para fortalecer e valorizar a candidatura do sítio português a Património Mundial da Humanidade.

Edição nº 108

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here