Vai ser assinado no próximo dia 26 de abril, em Vila Pouca de Aguiar, um protocolo de intenções para a criação da Federação Nacional dos Caminhos de Santiago. A criação desta federação, coordenada pelo município aguiarense, surge da necessidade de uniformizar os percursos e promover de forma conjunta os vários caminhos portugueses.

Vila Pouca de Aguiar é a representante de Portugal na Federação Europeia dos Caminhos de Santiago, que preside a este organismo desde junho do ano passado. Recentemente, a Federação Europeia organizou a sua reunião trimestral em Torun, na Polónia. O encontro marcou a abertura do 30º aniversário da inscrição do “Caminho de Santiago” como o primeiro itinerário cultural do Conselho da Europa em 1987.

Uma das propostas do município, enquanto representante português na federação, foi a criação de protocolos com as universidades europeias, para o estudo e dinamização dos caminhos de Santiago, sendo que o primeiro foi assinado este mês com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

O objetivo é fazer protocolos com as universidades para a criação de uma rede europeia de estudo sobre o Caminho de Santiago. O primeiro protocolo, assinado na UTAD a 6 de abril, que serviu de minuta para todos os países europeus, tem por objetivo definir os princípios orientadores de cooperação entre os municípios atravessados pelo Caminho Português de Santiago, Associações de Peregrinos de Santiago, Entidades Religiosas, Universidades, Pastoral do Turismo e outras entidades que demonstrem uma ligação ao Caminho de Santiago.

(…)

Reportagem completa na versão impressa

Edição nº 134

PARTILHAR
Artigo anteriorGNR faz vigilância sobre duas rodas
Próximo artigoEdição nº 134
Diretor do jornal semanal "Notícias de Aguiar" Jornalista profissional desde 2009

Comentar

Please enter your comment!
Please enter your name here