ARTiManha leva música, arte, cultura, jogos tradicionais e inclusão a Vila Pouca de Aguiar

Data:

12 e 13 de julho – Lagoa do Alvão

O ARTiManha Festival de Artes, é um projeto que promove o envolvimento artístico de toda a comunidade.  A edição de 2024 conta com uma programação para toda a família e que une concertos de música, teatro, artes circenses, jogos tradicionais, residências artísticas com associações locais, inclusão e natureza junto a um espaço com diversificada biodiversidade, a Lagoa do Alvão.

Produzido pela associação Animodia Arte & Cultura, em parceria com o Município de Vila Pouca de Aguiar, o Artimanha 2024 tem como tema Natureza e Sustentabilidade. A Natureza, a sua preservação e regeneração está intrinsecamente relacionada com a sustentabilidade do planeta e das comunidades. Este é o mote e a grande chamada de atenção da edição deste ano deste festival de artes que, começa com uma talk “Conversas sobre Natureza e Sustentabilidade: como contribuir para o futuro da comunidade? “

Numa localização de excelência, em plena conexão com a natureza e junto à água, o Artimanha é uma experiência a não perder. No primeiro dia do festival, 12 de julho, que “Traz Arte aos Montes” será o dia de CRUA, a banda de Ana Costa, Ana Trabulo, Diana Ferreira Martins, Isabel Martinez, Liliana Abreu e Rita Só explora a música tradicional, através de uma “viagem pessoal pela raiz ibérica, oferecida a quem vê e ouve como uma conversa de amigas em horas soltas” que irão fazer uma residência artística com o Grupo de Cantares do Alvão.

Ana Lua Caiano, “uma das vozes mais celebradas da nova música portuguesa”, sobe ao palco do ARTiManha dia 13 de julho. A artista que já atuou em palcos como o Nós Alive, Festival Músicas do Mundo e ML Lisboa, estará no Alvão, onde apresentará músicas do seu primeiro disco longa-duração.

O Artimanha é também um festival de experiências e, na programação consta ainda, um concerto dos Olive Tree Dance, um concerto meditativo ao pôr do sol, atividades lúdicas na Lagoa organizadas pelo Pena Aventura, parceiro do festival, os Jogos do Helder, é obrigatório conhecer o trabalho, também ele artístico, na criação de jogos de madeiras para todas as idades.

Estão assim, reunidos os condimentos para um festival em família sem descurar a diversão, a música, o teatro, as artes em geral, com direito a campismo e Auto caravanismo gratuito (sujeito a inscrição prévia).

Segundo José Miguel Carvalho, Diretor Artístico do festival, “a arte e a cultura podem igualmente ser implementadas na Natureza”. “Daí levarmos o Artimanha Festival de Artes até ao elemento água em plena Serra do Alvão, tocando em pontos fulcrais da identidade e ruralidade do território”, diz.

Das sonoridades tradicionais à música eletrónica, das residências artísticas aos jogos populares para famílias, das atividades na lagoa como padel e canoagem a um concerto meditativo ao pôr do sol, os festivaleiros irão encontrar dois dias muito preenchidos.

Os bilhetes podem ser adquiridos em pontos de venda selecionados e online, através do link: https://e.3cket.com/artimanha-festival-de-artes-2024

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Festival Itinerante de Cultura no Planalto de Jales leva espetáculos a seis aldeias

FIC NO PLANALTO – 15 a 20 de julho “FIC...

“A minha Horta”: projeto da Santa Casa promove o contacto dos mais novos com a natureza

A Santa Casa da Misericórdia de Vila Pouca de...

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...