Warm-up antecedeu o festival ARTiManha que chega nos dias 30 e 31 de julho

Local

Vila Pouca de Aguiar está em contagem decrescente para o Festival ARTiManha. Nos dias 30 e 31 de julho a cultura chega ao concelho aguiarense em forma de streaming, naquele que será um espetáculo de artes para todos acompanharem.

No entanto, a organização decidiu dar um “aquecimento” ao festival e, em parceria com a AIGRA – Associação dos Industriais do Granito, organizaram um “warm-up”, que veio animar o final de tarde do passado sábado, dia 17 de julho.

O artista transmontano Cheganahora invadiu as redes sociais num live streaming, a partir de Soutelo de Aguiar para todo o mundo.

Nos dias 30 e 31 de julho, o concelho de Vila Pouca de Aguiar será a capital transmontana da cultura, onde o teatro, a música e as artes circenses encontrarão o seu expoente, numa aposta na dinamização da oferta cultural do concelho.

Depois de uma paragem em 2020, a 2º edição do Festival ARTiManha regressa este ano, sob o slogan “Traz arte aos montes”.

Este ano, o ARTiManha adaptou-se aos novos desafios e irá lançar-se no meio digital, convidando todos a provar um pouco da riqueza e talento que os territórios mais remotos têm para oferecer a todo o país.

O ARTiManha é promovido pela Animódia (Organização, Produção e Direção Artística) em parceria a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar. O festival conta com o apoio do Ministério da Cultura e do Fundo de Fomento Cultural, no âmbito do programa Garantir Cultura.

Local

Menu