Bragado: as festas no casario, o futebol e a união das crianças

Data:

Em parceira com o Contrato Local de Desenvolvimento Social de Quarta Geração (CLDS-4G), o jornal Notícias de Aguiar tem vindo a percorrer as aldeias do concelho em busca de histórias antigas, que suscitam o interesse dos leitores. Nesta edição, a aldeia do Bragado foi o local escolhido para esta recolha de memórias.

No âmbito das atividades enquadradas no programa Sempre Ativo, dinamizado pelo Contrato Local de Desenvolvimento Social de Quarta Geração (CLDS-4G) de Vila Pouca de Aguiar, é possível ir buscar ao fundo do baú as recordações que os mais velhos têm para partilhar e que, depois de compiladas, criam um verdadeiro livro de memórias.

Entre as histórias bem guardadas no fundo da memória da população mais velha, que não podem ser contadas a quem vem de fora, há outras que saltam rapidamente para cima da mesa, acompanhadas de um sorriso rasgado provocado pela saudade desses tempos.

É o caso de Bragado, onde na atividade da passada quinta-feira, dia 19 de janeiro, se reuniram três amigas de longa data e à medida que desenvolviam a atividade sugerida pelas técnicas do CLDS-4G, a memória ia dando frutos.

Desde o antigo casario situado no centro da aldeia, que acolhia festas para a juventude toda há mais de 60 anos, até aos disputados jogos de futebol que o Bragado vivenciava, eram muitas as recordações de uma aldeia unida.

Reportagem completa na edição nº 413 do Notícias de Aguiar, esta semana nas bancas!

Artigo anterior
Próximo artigo

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...