Cemitério de Vila Pouca de Aguiar alvo de obras de melhoramento

Local

O cemitério de Vila Pouca de Aguiar sofreu, recentemente, obras de melhoramento daquele que é um espaço de culto, no âmbito da primeira fase de um conjunto de intervenções que têm como finalidade melhorar a imagem do local. 

Pronto a receber os muitos visitantes a propósito do Dia de Finados, cuja romagem aos cemitérios se realiza, tradicionalmente, na véspera, em Dia de Todos os Santos (1 de novembro), o presidente da Junta de Freguesia, Daniel Alves, destacou “a cortina vegetal colocada na parte sul e que, de forma 100% natural, pretende acolher os momentos de culto, de reflexão e de pertença que os familiares e entes queridos merecem”. Além disso, o autarca acrescentou que uma das principais entradas da sede de concelho fica, assim, “com novo impacto, verde e natural, bem característico da nossa terra”.

Para além da colocação desta cortina vegetal e a retirada de duas árvores sinalizadas como estando em risco, a candidatura que a Junta de Freguesia apresentou ao Instituto da Conservação da Natureza e Floresta (ICNF), pretende, ainda, obter a classificação de Arvoredo de Interesse Público (AIP) de duas árvores centenárias, e tão características daquele nobre espaço. Trata-se de dois azevinhos, situados no interior do cemitério, que serão alvo de um tratamento, tendo em vista o seu fortalecimento e conservação. Para o autarca, estes compromissos vão “ao encontro da valorização, preservação e dignificação do cemitério”. 

A Junta de Freguesia de Vila Pouca de Aguiar está, ainda, a diligenciar junto de todas as entidades para que, em conjunto, se desenvolva um projeto que responda à real necessidade da população, com a criação de um novo espaço do cemitério. 

O presidente da Junta de Freguesia agradeceu, por fim, o apoio de todos os intervenientes nesta intervenção e realçou “a qualidade e o cuidado do serviço prestado num trabalho tão difícil e delicado como este”.

Local

Menu