Covid-19: ARS Norte preocupada com subida de casos da variante delta na região

Alto Tâmega

O Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, participou na quinta-feira, dia 1 de julho, em representação da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIM-AT), em mais uma reunião por videoconferência com a Autoridade Regional de Saúde do Norte (ARS Norte), para fazer um ponto da situação da evolução da pandemia na região.

A ARS Norte informou que Portugal é o segundo país da Europa, atrás do Reino Unido, com mais novos casos de Covid-19 e que o rácio de transmissibilidade (RT), critério que indica o grau de contágio do vírus, no Norte se situa nos 1,15%.

Com o número de novas infeções a subir diariamente, a Autoridade de Saúde Regional acredita que sejam os efeitos dos festejos alusivos ao São João, sobretudo na zona Norte, e que esse crescimento faça subir o RT para 1.30% na região Norte.

Também no Algarve já se sentem os efeitos do fim de semana prologando do feriado do 10 de junho, o que fez com que muita gente optasse por rumar a sul para passar umas miniférias, dando origem a grandes concentrações de pessoas naquela região do país.

Estes dados demonstram que quando existem ajuntamentos de pessoas sem os devidos cuidados, a transmissibilidade do vírus aumenta exponencialmente, afetando sobretudo os jovens entre os 20 e os 29 anos, faixa etária que ainda não foi vacinada e é mais propensa a convívios sem cumprimento das regras.

Número de casos está a aumentar no Alto Tâmega

A Autoridade de Saúde Regional mostrou-se “apreensiva” com a rápida evolução da variante Delta, por ser mais contagiosa, e considera que “a solução passa por intensificar a capacidade de vacinação, de forma que haja um efeito mais rápido na proteção das pessoas, aumentar a testagem dos casos suspeitos, bem como reforçar o cumprimento das regras emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nomeadamente o uso de máscara e o distanciamento físico e social”.

No caso concreto da região do Alto Tâmega, e apesar da situação pandémica ser bastante favorável, Fernando Queiroga mostrou-se “preocupado” com registo de cada vez mais casos de Covid-19. Nesse sentido, o autarca “apela ao bom senso da população, para que continuem a cumprir as regras estabelecidas pelas Autoridades de Saúde e a evitarem-se comportamentos de risco que coloquem em causa a saúde das populações, assim como a recuperação económica dos comerciantes durante os meses de verão”.

Fernando Queiroga reforçou a mensagem de prevenção face à pandemia. “A luta contra a Covid-19 depende de todos e todos devemos fazer o que está ao nosso alcance para combater o vírus, por isso é fundamental que se redobrarem cuidados em eventuais encontros familiares e celebrações religiosas”, disse.

Local

Menu