Declarada Situação de Alerta para risco de incêndio

Alto TâmegaLocal

O Governo declarou ontem, dia 16 de julho, a situação de alerta em Portugal continental tendo em conta as previsões meteorológicos para os próximos dias que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio rural.

O Ministério da Administração Interna (MAI) informa que a situação de alerta abrangerá o período compreendido entre as 00h00 de hoje e as 23h59 de domingo, 19 de julho.

As medidas preventivas e especiais proíbem:
– O acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessam;

– A realização de queimadas e queimas de sobrantes de exploração;
– A utilização total de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que tenham sido emitidas nos distritos onde tenha sido declarado o estado de alerta especial de nível vermelho pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC);

– A realização de trabalhos nos espaços florestais e outros espaços rurais com recurso a qualquer tipo de maquinaria;

De acordo com o IPMA, os valores de temperatura estão acima do habitual para a época do ano e esta persistência poderá levar a uma situação de onda de calor em diversos locais do país, em especial no interior, no qual o distrito de Vila Real se encontra em situação de alerta vermelho, o mais grave de uma escala de quatro.

Relacionadas

André Pires pronto para retorno ao Estoril
Ribeira de Pena entrega 18 mil euros em incentivos à natalidade

Autor

Menu