Família com novas pistas do idoso desaparecido há 17 meses

Data:

Em outubro de 2019, o “Srº Albertino”, de Cerdeira de Jales, no concelho de Vila Pouca de Aguiar, foi dado como desaparecido e, desde então, não foram encontradas pistas sobre o paradeiro do homem de 77 anos. Agora, segundo a filha do idoso, há suspeitas de que alguém com as suas características físicas esteja em Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança.

Antes do seu desaparecimento o idoso, já viúvo, estava numa família de acolhimento há poucos dias. Encontrava-se, contudo, bem de saúde e realizava, com frequência, caminhadas e passeios a pé.

Depois da sua fuga, em outubro de 2019, elementos da GNR local, apoiados por cães, realizaram diversas diligências na aldeia de Balugas e nas zonas envolventes, nomeadamente em casas, barracos, poços, etc.

Fonte da Guarda referiu que havia a suspeita de que o idoso teria saído para visitar um familiar em Loivos, no concelho vizinho de Chaves, pelo que a GNR de Vidago também foi informada do desaparecimento.

Agora, em 2021, a filha do idoso, Ana Roxo Notário, através de uma publicação na rede social Facebook, refere que há fortes possibilidades de o pai estar em Carrazeda de Ansiães, no concelho de Bragança.

“Foi-me dito que andava um senhor em Carrazeda de Ansiães, há vários meses, a dizer que fugiu de um lar porque não gostava de estar lá”, explicou.

A filha do septuagenário apelou ainda à partilha do post. “Se por acaso esta pista for verdadeira, digam ao meu pai que os filhos não o abandonaram”.

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...