Mais de mil hectares de pinheiro bravo queimados no incêndio na freguesia de Tresminas

Data:

O presidente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, Alberto Machado, estimou hoje que tenham ardido “mais de mil hectares de pinheiro bravo” no incêndio que começou em Murça.

O autarca afirmou que os prejuízos ainda não estão quantificados e a avaliação dos mesmo será a fase que se segue.

“Ainda não temos a quantificação dos prejuízos, mas são muito avultados porque esta área que ardeu tinha plantações de pinheiro bravo muito significativas”, afirmou, concretizando que estima que tenham sido afetados “mais de mil hectares”.

Em Vila Pouca de Aguiar, disse o autarca, foram ainda registados “pequenos acidentes entre os bombeiros, um veículo da GNR que ardeu, e danos em infraestruturas de apoio à agricultura”.

Alberto Machado disse à agência Lusa que “desde ontem (terça-feira)” que não há frentes ativas no concelho de Vila Pouca de Aguiar e que no dia de hoje os operacionais continuam no terreno “a fazer o rescaldo e a vigilância”.

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...