Município de Vila Pouca de Aguiar recebeu prémio “Viver em Igualdade”

Data:

O Município de Vila Pouca de Aguiar recebeu, na passada semana, o prémio “Viver em Igualdade”, atribuído a 25 municípios pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género. A cerimónia de atribuição do prémio teve lugar, no passado dia 20 de outubro, no Teatro Jordão, em Guimarães.

Alberto Machado, presidente da autarquia, referiu que “esta distinção nacional pela execução de políticas públicas no domínio da cidadania, da promoção e defesa da igualdade de género e do combate à violência doméstica e de género é uma grande honra e orgulho”. “Este prémio, que só 25 dos 308 municípios obtiveram, é só por si uma imensa honra e orgulho não só para mim e para o executivo municipal, mas para todos os aguiarenses”, sublinhou.

“Estamos, no entanto, bem conscientes que para eliminar a discriminação baseada no género e construir no nosso concelho, região e mesmo país, uma sociedade plena na sua cidadania, a estes passos dados, importa ainda um prioritário, longo e importante caminho a percorrer”, acrescentou o Presidente da Câmara de Vila Pouca de Aguiar.

O Prémio “Viver em Igualdade” é uma iniciativa bienal, promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, no âmbito da Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação (ENIND) – Portugal + Igual. O júri da 6.ª Edição do prémio foi constituído por Catarina Salles, investigadora, em representação da Universidade da Beira Interior; Tatiana Moura, em representação da Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres, que se encontra representada no Conselho Consultivo da CIG – Secção das ONG; e Sandra Ribeiro, Presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

Este galardão tem como objetivo distinguir e reconhecer autarquias com boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não Discriminação, a nível interno e no âmbito do território, enquanto agentes de desenvolvimento e entidades privilegiadas para a concretização de ações e medidas que permitam a territorialização, identificação e apropriação local dos objetivos da Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não-Discriminação – Portugal + Igual (ENIND) e dos Planos Nacionais de Ação.

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...

Vila Pouca de Aguiar marca presença na Bolsa de Turismo de Lisboa 2024

Vila Pouca de Aguiar vai participar na Bolsa de...