Potencialidades do concelho na mira do Turismo do Porto e Norte de Portugal

Data:

Na passada quarta-feira, dia 12 de janeiro, o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, visitou o concelho de Vila Pouca de Aguiar, com o instituto de conhecer novos projetos, alinhar estratégias e potenciar o turismo no território.

Tratou-se de uma visita de planeamento para o território, daquilo que pode vir a ser o futuro do turismo na região.

Em declarações ao Notícias de Aguiar, Ana Rita Dias, vereadora com o pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, relembrou os inúmeros atributos que justificam a aposta no turismo do concelho, nomeadamente o termalismo, os Caminho de Santiago, a natureza, a gastronomia ou a Estrada Nacional 2.

“São produtos chaves para o nosso território que o Turismo do Porto e Norte está a apoiar e a dinamizar e, tendo em conta que abriram novas rubricas e candidaturas ao Turismo de Portugal, é fundamental todos terem conhecimento daquilo que temos para oferecer para estruturarmos melhor uma possível candidatura”, explicou Ana Rita Dias.

Ao nível do território, aquando da visita, foi abordado “aquilo que é o potencial do concelho” e aquilo que será o futuro de Vila Pouca de Aguiar no setor do turismo.

“Efetivamente nota-se uma procura de territórios com menor densidade populacional, que é o caso de Vila Pouca de Aguiar. Por um lado, este fator não é favorável, mas, no que a turismo diz respeito, atualmente somos um destino muito apetecível”, adiantou.

Posto isto, o Turismo do Porto e Norte abordou os possíveis investimentos que serão feitos no âmbito desta procura, nomeadamente a criação de novas unidades hoteleiras ou, eventualmente, de novos produtos.

Além disso, “os responsáveis mostraram-se suscetíveis em apoiar o território” caso haja possíveis interessados em investir no concelho de Vila Pouca de Aguiar.

Possível dinamização do Balneário Termal do Cardal e do Hotel Universal

Junto à nascente de água mineral natural, está a nascer o Balneário Termal do Cardal, um investimento de 630.247 € em termalismo, que obtém financiamento comunitário pelo Norte 2020.

Perante este investimento os responsáveis do Turismo do Porto e Norte de Portugal, “mostraram interesse em associarem-se ao turismo de bem-estar”.

Além disso, em maio de 2021, foi assinado um protocolo entre a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, a Junta de Freguesia de Bornes de Aguiar e VMPS, Unicer Águas que ditou que a autarquia aguiarense é a proprietária do antigo Hotel Universal e terrenos envolventes.

“Pedras Salgadas, sendo um polo muito importante no nosso território, também se falou em possíveis projetos para o Hotel Universal. Os responsáveis mostraram-se interessados em dinamizar o espaço”, disse Ana Rita Dias.

Por fim, foram discutidos outros tipos de turismo que podem vir a ser implementados no concelho, nomeadamente as ‘fun trips’ promovidas pelo Turismo do Porto e Norte.

Daniela Parente

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...