Savannah: como o verde continuará a dominar o Barroso

Data:

O verde é uma das principais cores do Barroso. O verde continuará a ser a cor dominante na região.  Verde e inteligente.
Esse é um dos compromissos da Mina  do Barroso,  um projeto  da Savannah  Lithium,  empresa subsidiária da Savannah Resources.

Para o conseguir será desenvolvida uma exploração mineira ambientalmente sustentável, que reduz a pegada ambiental e respeita ao máximo os elementos naturais existentes na região. A energia utilizada no projeto da Mina do Barroso, por exemplo, será proveniente especialmente de fontes renováveis e no final da exploração os terrenos serão totalmente recuperados, seguros, valorizados e doados, para que possam ter diferentes utilizações para a população.

Os números do projeto são conhecidos: €110 milhões de investimento, um fundo comunitário para beneficiar a população, a criação direta de 215 empregos e 500/600 indiretos. Mas o mais importante no projeto da Mina do Barroso não são os números. Além do verde, o mais relevante é a proximidade com a comunidade. Uma proximidade que não se mede em números, nem em estatísticas, mas sim em ações concretas. Por exemplo: contribuir para a criação de pequenos negócios locais, desenvolver um projeto que respeita a natureza, promover as tradições da região, levar à fixação de pessoas e pensado para a redução da pegada ambiental.

Trata-se de um projeto cuja evolução da exploração poderá ser monitorizada em tempo real pela população através de uma aplicação a ser desenvolvida para esse efeito. Sendo este um projeto de interesse vital para Portugal, mais do que o seu posicionamento no plano energético, a Mina do Barroso será um acelerador de desenvolvimento e receitas para a economia portuguesa com importantes implicações a nível local. A região de Boticas irá beneficiar de um impulso no desenvolvimento económico e social. Portugal é reconhecido como um dos países com reservas de lítio suficientes para uma exploração rentável e parte dessa rentabilidade ficará na região.

O lítio é o mais leve dos metais, não tóxico na sua forma mineral, usado numa ampla gama de aplicações, desde produtos farmacêuticos a baterias. A Comissão Europeia incluiu-o este ano, e pela primeira vez, na lista de matérias-primas consideradas essenciais e cujo abastecimento deve ser garantido na Europa. Trata-se de um metal estratégico para o continente europeu, e Portugal pode dar um contributo importante para a descarbonização do continente. O lítio pode ainda potenciar outros investimentos importantes no país.

A Mina do Barroso será um projeto de esperança e de criação de riqueza, de partilha e de respeito pelos valores de uma região feita por gente resiliente e generosa. No final, ganhará Boticas, ganhará Portugal, ganham as pessoas.

Associada da Mais Boticas

O compromisso da Savannah com as comunidades e restantes partes envolvidas é actuar sempre com integridade, transparência e honestidade.

Com base nestes princípios, a Savannah tornou-se associada da Mais Boticas, a associação empresarial do concelho. O objetivo é a união de esforços para o desenvolvimento económico e social da região de Boticas.

Este acordo prevê o envolvimento inclusivo da Associação na tomada de decisão da Savannah no que respeita à comunidade de Boticas, onde se situa a Mina do Barroso. O objetivo é fomentar o desenvolvimento dos negócios locais, através do compromisso de aquisição de bens e produtos localmente.

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...

Vila Pouca de Aguiar marca presença na Bolsa de Turismo de Lisboa 2024

Vila Pouca de Aguiar vai participar na Bolsa de...