Termo de identidade e residência para o detido por violência doméstica em Vila Pouca de Aguiar

Data:

O homem de 61 anos que esta segunda-feira foi detido pela GNR de Vila Pouca de Aguiar, pelo crime de violência doméstica, vai ficar com termo de identidade e residência e proibição de contactar com a vítima, tendo sido fixado um raio de exclusão de 500 metros.

A vítima, uma mulher de 63 anos, refugiou-se num anexo da residência e afirmava que o marido a queria matar e que tinha na sua posse facas de grande dimensão e uma forquilha.

Por se tratar de um crime de violência doméstica, os militares da GNR do Posto Territorial de Vila Pouca de Aguiar procederem à detenção do suspeito, que reagiu de forma hostil, apreendendo-lhe as facas e a forquilha.

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...