Um bombeiro ferido e armazéns destruídos no incêndio que deflagra em Chaves

Alto Tâmega

O incêndio que está a lavrar em Vila Verde da Raia, desde o início da tarde de hoje, continua a ganhar grandes proporções.

Às 18h00, o presidente da Câmara de Chaves, Nuno Vaz, disse à Agência Lusa que “estranhamente” o incêndio teve “três a quatro focos iniciais” o que leva a suspeitar de uma “ação criminosa”.

Segundo referiu, um bombeiro da corporação de Vidago ficou ferido com queimaduras, após um acidente durante o combate. De referir ainda que as chamas consumiram já armazéns e barracões.

Próximo do teatro de operações encontra-se instalado o Centro de Coordenação Operacional Distrital de Vila Real.

Os meios aéreos começam a ser desmobilizados e o combate às chamas foi reforçado com mais meios terrestres, contando com aproximadamente trezentos operacionais, acompanhados por 83 viaturas, incluíndo três máquinas de rasto de forma a ser delimitado o perímetro.

Atualizado às 21h42.

Fotografia: Ana Malheiro

Autor

Menu