Chaves: incêndio de grandes proporções em Vila Verde da Raia mobiliza nove meios aéreos

Alto Tâmega

Nove meios aéreos e mais de 200 operacionais estão a combater um incêndio em Vila Verde da Raia, Chaves, tendo como principal dificuldade o vento forte, de acordo com informação da Proteção Civil, às 18h00. Segundo a mesma fonte, “o incêndio teve “várias projeções” e está “com grande intensidade” devido ao “vento que se faz sentir” e do tempo “muito quente”.

As chamas já atingiram as freguesias de Lamadarcos, Mairos e Vila de Frade. Há a registar dois armazéns agrícolas destruídos.

O alerta foi dado às 13h37 desta quinta-feira. Às 18h00 encontravam-se no local 214 operacionais, apoiados por 65 viaturas em 9 meios aéreos.

Atualizado às 18 horas.

Incêndio no concelho de Chaves com mais meios no terreno. Estão, neste momento, 224 operacionais, de várias corporações de bombeiros, apoiados por 69 veículos terrestres e nove meios aéreos.

Próximo do teatro de operações encontra-se já instalado o Centro de Coordenação Operacional Distrital de Vila Real.

Atualizado às 18h30.

À Agência Lusa o presidente da Câmara de Chaves, Nuno Vaz, disse que “estranhamente” o incêndio teve “três a quatro focos iniciais” o que leva a suspeitar de uma “ação criminosa”.

Segundo referiu, um bombeiro da corporação de Vidago ficou ferido com queimaduras, após um acidente durante o combate.

Porque o fogo está na zona de fronteira, o autarca disse que tem havido “comunicações entre os comandos” no sentido de que possam ser mobilizados também meios da Galiza.

A combater as chamas encontram-se 258 operacionais, acompanhados por 80 viaturas e 6 meios aéreos.

Atualizado às 19h36.

Os meios aéreos começam a ser desmobilizados e o combate às chamas foi reforçado com mais meios terrestres, contando com aproximadamente trezentos operacionais, acompanhados por 94 viaturas, incluíndo três máquinas de rasto de forma a ser delimitado o perímetro.

Atualizado às 21h40.

Relacionadas

Um bombeiro ferido e armazéns destruídos no incêndio que deflagra em Chaves
Incêndio está a lavrar em zona de mato em Carrazedo de Montenegro

Autor

Menu