Vila Pouca de Aguiar passa a dispor de três Equipas de Intervenção Permanente

Data:

No dia 25 de julho, decorreu a assinatura do protocolo que ditou a criação de mais uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP) em Vila Pouca de Aguiar, na resposta às ocorrências de socorro à população.

A assinatura do protocolo envolveu a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários e a Associação Nacional de Proteção Civil (ANPC).

A autarquia aguiarense e a ANPC comparticipam em partes iguais nos custos decorrentes da remuneração dos elementos das equipas integradas nos Bombeiros de Vila Pouca de Aguiar, nesta que será a terceira EIP da corporação.

As EIP são equipas formadas por cinco bombeiros profissionais, que se destinam ao cumprimento de missões no âmbito da Proteção Civil. Os bombeiros que integram estas equipas são caracterizados pela elevada especialização, com competências em valências diferenciadas para atuarem em diferentes cenários.

“Esta equipa há muito desejada vem reforçar a capacidade de resposta operacional do nosso Corpo de Bombeiros, onde se tem verificado uma subida exponencial das ocorrências de proteção e socorro. A implementação desta terceira equipa sempre foi defendida por mim, que vem no seguimento da implementação da segunda equipa já em funcionamento desde maio do ano passado”, disse Hugo Silva, comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Pouca de Aguiar.

A constituição das EIP vem melhorar a eficiência da proteção civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, mediante a valorização das associações e dos corpos de bombeiros voluntários, enquanto verdadeiros pilares do sistema de proteção e socorro, através do reforço dos incentivos ao voluntariado, do apoio ao funcionamento e ao equipamento e do pleno aproveitamento das capacidades operacionais e de comando.

“É de reconhecer o esforço do executivo da Câmara Municipal em capacitar os seus bombeiros cada vez mais com recursos humanos e materiais, sendo assim os Bombeiros de Vila Pouca de Aguiar dos primeiros Corpos de Bombeiros a dispor de três Equipas de Intervenção Permanente”, rematou o comandante.

A assinatura do protocolo envolveu a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários e a Associação Nacional de Proteção Civil (ANPC).

A autarquia aguiarense e a ANPC comparticipam em partes iguais nos custos decorrentes da remuneração dos elementos das equipas integradas nos Bombeiros de Vila Pouca de Aguiar, nesta que será a terceira EIP da corporação.

As EIP são equipas formadas por cinco bombeiros profissionais, que se destinam ao cumprimento de missões no âmbito da Proteção Civil. Os bombeiros que integram estas equipas são caracterizados pela elevada especialização, com competências em valências diferenciadas para atuarem em diferentes cenários.

“Esta equipa há muito desejada vem reforçar a capacidade de resposta operacional do nosso Corpo de Bombeiros, onde se tem verificado uma subida exponencial das ocorrências de proteção e socorro. A implementação desta terceira equipa sempre foi defendida por mim, que vem no seguimento da implementação da segunda equipa já em funcionamento desde maio do ano passado”, disse Hugo Silva, comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Pouca de Aguiar.

A constituição das EIP vem melhorar a eficiência da proteção civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, mediante a valorização das associações e dos corpos de bombeiros voluntários, enquanto verdadeiros pilares do sistema de proteção e socorro, através do reforço dos incentivos ao voluntariado, do apoio ao funcionamento e ao equipamento e do pleno aproveitamento das capacidades operacionais e de comando.

“É de reconhecer o esforço do executivo da Câmara Municipal em capacitar os seus bombeiros cada vez mais com recursos humanos e materiais, sendo assim os Bombeiros de Vila Pouca de Aguiar dos primeiros Corpos de Bombeiros a dispor de três Equipas de Intervenção Permanente”, rematou o comandante.

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...