Apreensão de 400 mil cigarros ilegais em Vila Pouca de Aguiar

Local

No passado dia 31 de março, no concelho de Vila Pouca de Aguiar, a GNR, através de militares da Unidade de Ação Fiscal, apreendeu 400 mil cigarros de contrabando.

No decorrer de uma ação de fiscalização rodoviária direcionada para a fiscalização da entrada de pessoas e bens em território nacional, tendo em vista a verificação do cumprimento das medidas impostas pela reposição dos controlos nas fronteiras internas portuguesas, relativas à contenção da pandemia COVID-19, os militares da Guarda abordaram uma viatura que transportava 20 mil maços de tabaco no seu interior, verificando-se que não ostentavam a estampilha fiscal exigida para a sua comercialização em território nacional, o que levou à sua apreensão.

O valor dos cigarros apreendidos ascende a 92 mil euros, sendo que a introdução no consumo dos produtos apreendidos teria causado um prejuízo ao Estado, em sede do Imposto Especial sobre o Consumo do Tabaco (IT) e do Imposto de Valor Acrescentado (IVA), superior a 80 mil euros.

Local

Menu