Aprovada a conclusão da ecovia internacional na antiga Linha do Corgo

Data:

A Câmara de Vila Pouca de Aguiar aprovou ontem, dia 26 de fevereiro, o acordo de parceria intermunicipal para a gestão e promoção da Ecovia Internacional do Tâmega e do Corgo, que aproveita a desativada linha ferroviária entre a Régua e Chaves.

A Ecovia Internacional do Tâmega e do Corgo faz parte de uma estratégia comum dos cinco municípios que pretende concluir esta via de 99 quilómetros entre Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves.

A futura ecovia, que aproveita a desativada linha de caminho-de-ferro do Corgo, irá ligar as regiões do Douro e Alto Tâmega. Em Chaves está já construído o troço que liga a Verín (Espanha), junto ao rio Tâmega.

O troço entre Vila Real e Chaves da Linha do Corgo foi encerrado em 1990, enquanto a ligação entre a Régua e Vila Real foi desativada para obras em 25 de março de 2009 e encerrada em julho de 2010.

Hoje, em reunião de câmara, o executivo de Vila Pouca de Aguiar aprovou o acordo de parceria para a gestão e promoção da Ecovia Internacional do Tâmega e do Corgo entre os cinco municípios.

Este acordo, segundo explicou o município, vai traduzir-se “numa estreita colaboração entre as cinco autarquias por forma a concretizar os projetos e obras necessárias nos respetivos troços, na manutenção do espaço, na valorização dos produtos e da natureza”.

Para o efeito vai ser constituída uma equipa intermunicipal que vai permitir promover a conceção da marca em articulação com as entidades oficiais de turismo e as comunidades intermunicipais do Douro e do Alto Tâmega, acompanhar os projetos dos troços, monitorizar as necessidades de manutenção e proceder para obtenção de financiamento nas intervenções a realizar por cada município.

O acordo, que irá ser aprovado por todos os executivos municipais, vai vigorar por cinco anos, com possibilidade de ser renovado.

“A ecovia na linha de comboio desativada entre o Peso da Régua e Chaves passará a ser uma infraestrutura de relevante interesse para a promoção do turismo de escala regional”, salientou a autarquia de Vila Pouca de Aguiar.

Nos troços da ecovia já concluídos, por exemplo nas áreas dos concelhos de Chaves e Vila Pouca de Aguiar, o percurso é muito procurado para passeios a pé ou de bicicleta.

Partilhar

Últimas

Artigos relacionados
Relacionado

Casa da Eira: retiro edílico transformado em alojamento local

O pós-pandemia despertou os viajantes para os encantos de...

Autarquia com selo de mérito pelo Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais

O projeto da autarquia Aguiar Cuida foi reconhecido pelo...

Lançamento do Martelo: Joel Borges conquista medalha bronze em nacional sub-18

O atleta do CTM Vila Pouca de Aguiar, Joel...