Aprovado plano de exploração de água mineral natural no Cardal

Local

A Direção-Geral de Energia e Geologia aprovou o Plano de Exploração de água mineral natural no Cardal, em Sabroso de Aguiar. A Câmara foi informada pela DGEG, em carta rececionada a 26 de maio, da aprovação do recurso mineral do Cardal pela exploração de um litro de água por segundo (1L/S).

De acordo com o contrato de concessão de exploração da água mineral natural, a água “será explorada para fins de termalismo a partir desta captação e de outras que forem realizadas e legalizadas no âmbito da aprovação/revisão do Plano de Exploração”. A área de exploração concedida é de 72,5 hectares e o prazo inicial da concessão é de 50 anos.

A decisão surge na sequência da contestação, por parte da empresa concessionaria da exploração das Águas das Pedras Salgadas, que levou a que Direção-Geral de Energia e Geologia coordenasse uma equipa técnica com representantes das entidades envolvidas no conflito, tendo agora decidido pela exploração da água do Cardal.

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado, fez o ponto de situação e informou que “já está em adjudicação um segundo furo que vai garantir a exploração deste recurso hidromineral”.

A Direção-Geral de Energia e Geologia informou, ainda, que deverá ser instalado um sistema de monitorização “no prazo de 12 meses”.

Local

Menu