Quatro bombeiros infetados com COVID-19 em Vila Pouca de Aguiar

Local

A Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar anunciou hoje, dia 16 de setembro, que quatro bombeiros da Associação Humanitária de Vila Pouca de Aguiar se encontram infetados com Covid-19.

Com o registo de um bombeiro infetado, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Pouca de Aguiar, em colaboração com o município aguiarense, procederam à realização de 33 testes aos bombeiros de serviço, tendo-se registado mais três operacionais que acusaram positivo.

“Assim que tivemos a informação de que um bombeiro estaria com sintomas e que testou positivo, todos os esforços foram feitos, desde a testagem até ao isolamento de quem pudesse estar infetado”, referiu Alberto Machado, presidente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar.

As quatro pessoas infetadas estiveram ao serviço sempre no quartel e estão em isolamento num espaço indicado pelo município. A Associação Humanitária informou ainda que também os voluntários serão testados.

José Eduardo Quinteiro, presidente da Direção dos Bombeiros, deixou um voto de confiança aos aguiarenses, garantindo que todos os bombeiros em serviço já foram testados. “A partir do momento em que a Associação Humanitária detetou que havia um bombeiro com Covid-19, de imediato se fizeram os testes para garantir a prestação de um serviço de qualidade”, sublinhou.

Na reunião desta manhã, com a presença de Duarte Marques, coordenador municipal da Proteção Civil, foi referido que a situação está controlada, em boa parte devido aos testes feitos com celeridade e contingência necessária das pessoas envolvidas.

Através da rede social Facebook, a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vila Pouca de Aguiar garantiu que “o corpo de bombeiros irá assegurar a continuação da sua missão de socorro, dentro e fora do concelho”.

“Reforçamos ainda que a nossa capacidade operacional de resposta às diversas solicitações se mantém, pelo que preservamos a nossa posição na linha da frente do socorro e da defesa da população, principalmente, junto dos aguiarenses”, acrescentou a corporação.

Neste momento há oito casos ativos de infeção pelo novo coronavírus no concelho de Vila Pouca de Aguiar e cinco pessoas aguardam resultado laboratorial.

Para além disso, nos seis concelhos do Alto Tâmega há, neste momento, 46 casos ativos do Covid-19, de acordo com o Boletim Epidemiológico extraordinário da Unidade de Saúde Pública do ACES Alto Tâmega e Barroso, publicado no dia 15 de setembro.

DP

Autor

Menu